was successfully added to your cart.

Sal grosso, fino ou entrefino: saiba como salgar a carne do churrasco

Por 30 de agosto de 2018Dicas

Entenda como salgar a carne do seu churrasco e as diferenças entre sal grosso, fino e entrefino.

Há alguns anos, não havia dúvida: temperava-se a carne com uma boa camada de sal grosso antes de jogá-la sobre a chama forte da churrasqueira. Com o passar dos anos e o aparecimento de novos produtos e profissionais especializados, novas técnicas e alguns mitos também apareceram para assombrar nosso churrasco. Salgar antes, durante ou depois? Para confundir ainda mais, agora existem mais tipos de sal, de origem e espessuras diferentes. Usar sal grosso, fino ou entrefino?

Com tanta novidade, parece que ficou mais difícil acertar, certo? Errado. A variedade está aí para garantir que todo churrasqueiro encontre um sal para chamar de seu e aprenda de uma vez por todas a salgar a carne do próprio churrasco.

Experimente

Para esclarecer de vez as dúvidas, a primeira dica é apelar para o bom senso. O sal não é exatamente um tempero, mas, sim, um realçador de sabores que ampliar o gosto da comida ao ativar as papilas gustativas. Quando a gente exagera no sal, a reação se inverte e o sabor da comida desaparece, dando lugar a uma sensação muito ruim na boca.

Outra forma de evitar usar o sal de maneira errada é experimentar antes de servir. É aí que a regra do “salgar depois” faz sentido. Se você salga aos poucos após a carne estar pronta, é possível corrigir o sal antes dos seus convidados provarem.

Salgar antes com sal fino

Alguns especialistas também defendem que, quando em contato com a carne um tempo antes de levá-la ao fogo, o sal resseca a carne, o que é verdade. Mas que, ao mesmo tempo, retirando os líquidos e uma parte da suculência da peça, a gordura entra em ação penetrando na carne e agregando um sabor mais forte. Para esse tipo de salga, indica-se o sal fino e que a carne seja retirada uns dois minutos antes de chegar ao ponto para manter uma certa umidade.

Salgar durante com sal grosso

Ainda há aqueles que prefiram o sal grosso. Bom, se é o seu caso, opte por salgar na hora de levar ao fogo. O resultado poderá ser menos intenso em sabor, no entanto, a carne apresentará mais suculência do que no método anterior. Mas, atenção: manere na quantidade de sal grosso porque, ao mesmo tempo que pode agregar sabor, ele também pode agir como uma barreira impedindo que o calor asse a carne deixando-a sem gosto e com uma cor acinzentada.

Salgar depois com sal entrefino

Queridinha da maior parte dos entendidos de churrasco, a técnica de salgar após retirar a carne da grelha garante tudo o que é esperado de um churrasco: carne suculenta e saborosa na medida. É aquela técnica que não tem erro e que, para muitos, pede um sal entrefino, que é uma espécie de sal grosso moído. Dessa forma é possível salgar, provar se está bom e garantir que os líquidos da carne não se percam durante o processo. Isso, é claro, se você souber servir no ponto.

 

Faça testes!

O importante para não errar é fazer testes. O jeito certo de salgar a carne também depende do que agrada o seu paladar, seja com sal grosso, fino ou entrefino. Cada sal e cada técnica conferem um tipo de resultado, mas nenhum está errado. O que não vale é perder o ponto da carne e botar a culpa no sal, certo?

 

 

Paty Moraes

Escrito Por Paty Moraes

Jornalista desde 2001, trabalhou em veículos online, impressos, de TV e rádio, como Editora Globo, Jovem Pan, TV Cultura, Portal iG, onde foi Editora Executiva de Lifestyle e Cultura. Atualmente, escrever sobre o universo da carne semanalmente para o site da Revista VIP, da Editora Abril, e para o Portal UOL, além de realizar projetos culturais e gastronômicos.

Mais posts de Paty Moraes

Deixe um Comentário